Data do show:
17/10/2008
Bandas:
Shatter Dead, Expurgo, Offal, Flesh Grinder, Attack Of The Mad Axeman
Local:
Espašo Cultural 92 Graus - Curitiba/PR
Por:
Rodrigo Simetti (04/12/2008)
 
THE MATTER OF SPLATTER 2
 
Depois de 4 anos Curitiba recebeu novamente uma edição do The Matter of Splatter. Infelizmente o clima da cidade não estava muito favorável ao festival, ao entardecer nuvens negras começaram a pairar sobre a cidade, mas por sorte deu tempo de chegar ao local do show antes da chuva começar. O local escolhido para o show foi o Espaço Cultural 92 Graus, um bom ambiente para eventos desse porte, porém um pouco fora da rota dos outros bares do underground da cidade. No local além dos shows também havia a venda de filmes de Petter Baiestorf, que tem em sua trilha sonora sons do nível do festival. O festival serviu como uma amostra do que rolaria no dia seguinte em Joinville no já famoso Splatter Night.
E para começar a barulheira a dupla mineira Shatter Dead subiu ao palco fazendo um Gore Grind simples, podre e direto; mesmo contando apenas com guitarra e bateria a banda consegue preencher muito bem os espaços das músicas e ter peso. O público no momento ainda era pequeno, mas no final do show já havia aumentado consideravelmente. 
Depois veio também de Minas Gerais o Expurgo que tem um som mais trabalhado que seus conterrâneos da banda anterior apesar de ainda se manterem na linha do Grind, as músicas apresentam mais variações e passagens menos retas, mas nem por isso perdem agressividade, as variações do vocal entre o vocalista e o guitarrista são o ponto forte. A banda também contou com a ajuda do som, pois me parecia melhor regulado do que na anterior. O público já estava em maior número e começou a rolar o mosh pit. A banda foi uma das que teve maior tempo de apresentação, se não foi o maior.
E era chegada a vez dos donos da casa fazerem as honras, a linha adotada pela Offal pesa um pouco mais para o Death Metal, então me agrada muito. A banda chegou destruindo e mandando podreiras de toda sua carreira, inclusive o medley de músicas do Autopsy no full-length "Offal". As linhas de guitarra são trabalhadas de forma que as músicas tem identidade e acabam diferenciando a banda das tantas que existem por ai e muito boa a presença de palco do vocalista André, que fica andando de um lado para o outro agitando como se fosse seu último show. Senti que faltou o baterista soltar o braço, pois parecia meio cansado em algumas músicas.
Acho até injusto comentar sobre o Flesh Grinder, sou um fã da banda então perderia a imparcialidade que devia haver. Vinda de Joinville a banda chegou e mais uma vez destruiu no palco, show muito bem feito e mostra o porquê da banda ter o status que tem, foi a banda que o público esteve mais insano, até porque os mais loucos lá eram as pessoas que tinham ido de Joinville com a banda.
O fechamento dessa noite de muito barulho ficou por conta da banda Attack of the Mad Axeman da Alemanha, eu não conhecia praticamente nada sobre a banda, apenas o que eu consegui ouvir no MySpace deles e nem prestei atenção nas fotos ou outra coisa, eis que sobe a banda ao palco e a maioria do público fica com uma cara de interrogação, pois com exceção do guitarrista que apresentava um visual meio alternativo o resto da banda estava fantasiado: o vocalista de tartaruga, o baixista de abelha (com direito a um microfone caracterizado de margarida) e o baterista de caracol; realmente uma cena bizarra! Quando começou o som a banda provou que o som deles vai muito além do visual, eles fazem um som que chamam de AnimalGrind, que para mim vem a ser um Death/Grind muito bem feito. Gostei das músicas que apesar de curtas não se limitavam ao blast beat, apesar de ser muito usado, e que apresentavam algumas passagens mais cadenciadas. O vocalista era insano, já na primeira música ele entrou no meio do mosh e continuou cantando e repetiu isso durante todo o show. A dupla guitarra e baixo também não ficava devendo, agitaram durante todo o show e interagiam entre si. 
Infelizmente o Pulmonary Fibrosis da França não pôde tocar pois quem seria responsável pelos vocais da banda, o Bruno (L.I.A.L / Evokers), teve alguns contratempos em São Paulo e o mesmo não conseguiu passagem para Curitiba a tempo de chegar para o evento, sendo assim a apresentação dos franceses ficou impossibilitada! (nota da produção do show)
Com as bandas acabadas restou ir para a casa com a sensação de que podia ter durado mais, o festival foi muito bom, contou com ótimas bandas, todas de alto nível. O público de um pouco mais de 150 pessoas apoiaram as bandas, sem exceção. O som da casa estava bom em todas as apresentações e nenhum problema no decorrer do festival, sem contar a falta da banda francesa. Agora resta esperar que role a 3ª edição do festival no ano que vem e que chova como dessa vez, porque quem foi mais tarde ou quem quis ir embora depois do término das bandas enfrentou uma bela chuva.

Repertórios:

SHATTER DEAD
Exposed Enteric Guts
Bereavement
Traces OCV
Repunish
Etorphine Hydrochloride
Ecbolic Spreading Latrine
Garbage
Sepsis. Anihilation.
Foray and Burn
World of Dementia
Seven Days of Death
Half-Dead Hanging From a Pole
Obnoxious Morgue Scene
Isolation
Tanned Cadaver
Noise#37/Widespread Torso
Defusion
Vomit Spraying Nose
Corrosive Suppuration
Trauma Eater
Glioblastoma Multiforme
Molotov Revenge
Torture
Scratched Cornea 


EXPURGO
Colapse Load Factor 
Digital Savior
Auto Alienação 
Gore Gore Girls 
Subcontrole
Grind Dog
Trapped
Stoned Down
Sofrer em Paz
Mucupus
PFD
Smiriled By Boot 
On The Edge 
My Name is Scum
Asfalto
Malformed Wounb Excess
Lymphatic Phlegm 
Consumo / Degeto
Xorume / Fecume
Dead Infection (It's Over)
Regurgitate (Testicular Trauma)
Regurgitate (Vulva Fermetation)


OFFAL
Putr-essence
Anal-thorized Autopsy (They Reign Supreme Forever!)
The Spew
Cadaver Breath (L.H.O.T.L.)
Festering Rectal Sludge - Disgorgement
Feasting on Excrements
Anal Vapor Rising
Charred Remains / Gasping for Air / Twisted Mass of Burnt Decay / In the Grip of Winter (Cover Autopsy)
Trial of the Undead
Torso
Sick as Fuck! (Dan-mented)
In Nephritic Blue (Cover Haemorrhage)
Death's Curse
W.H.O.R.E.
The Eyegouging


Links:

Comunidade do Evento - www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=72431537
Myspace The Matter of Splatter (www.myspace.com/xxxthematterofsplatterxxx)
Myspace Shatter Dead (www.myspace.com/shatterdead)
Myspace Expurgo (www.myspace.com/expurgo)
Myspace Offal (www.myspace.com/offalxxx)
Myspace Flesh Grinder (www.myspace.com/fleshgrinderbr)
Myspace Attack of the Mad Axeman (www.myspace.com/attackofthemadaxeman)
 
 
Por Rodrigo Simetti (04/12/2008)
 

Parceiros