EXPURGO - Grey Waste
Expurgo dispensa apresentações para quem está por dentro da cena Grindcore desse país. Atualmente é uma das melhores bandas do estilo em atividade, lançando materiais destruidores e fazendo shows memoráveis, extremamente violentos. A demo-CDR "Grey Waste" é um belo exemplo disso. São 21 socos sonoros em seu tímpano, com uma criatividade e qualidade acima da média. A gravação está ótima, apesar das guitarras estarem um pouco saturadas, mas desconfio que seja proposital para deixar os sons mais sujos. A mídia é em CD-R silkado, e a capa em papel couchê impressa em preto e branco, com uma imagem de baixa qualidade onde dá pra notar pouca coisa, em meio a uma floresta, pelo que eu entendi. Atrás, um grupo de pessoas uniformizadas e com armas faz parte do fundo da arte, que conta com o nome das músicas e detalhes sobre a banda. Colocando para rodar, uma intro com uma mulher chingando horrores não sei quem e um som lento e meio macabro no fundo, com barulho de pingos d'água e a mulher berrando direto, muito engraçado! Depois entra a música avassaladora, que mostra um Grindcore muito veloz, simples e violentíssimo. Porém, há partes mais cadenciadas em alguns momentos como na música "Aufklärung", segunda da demo. As viradas da bateria por trás de um riff simples, porém muito denso e veloz, é uma característica marcante nessa banda, pegando a essência do melhor do Grindcore. Outro destaque da banda é com certeza o vocal berrado/gritado que deixa o som muito mais estúpido e ofensivo para ouvidos mais sensíveis. Intercalando com um vocal gutural, a variação, apesar da simplicidade, é evidente e sempre usada em todas as faixas. Isso se reflete principalmente na "Grind Dog", que é de arrepiar os cabelos. Mas falar só dela como exemplo é muito injusto, até porque todas que se seguem merecem destaque. Já a faixa 14 que auto-intitula a demo é daquelas bem arrastadonas, pesadas e densas, uma variação que chama atenção depois de tanta pancadaria, e mesmo assim perto do seu final já cai espancando a bateria em maior velocidade. São 22:40min de barulho ensurdecedor e que te dá vontade de polgar direto, principalmente lembrando dos shows violentos que essa banda faz em suas apresentações.
Domingo, 13 de Maro de 2011
Por: Carrascu
Divulgue!

Envie seu comentário sobre essa matéria!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros