MISDEED - Devil's Mouth
A Misdeed apresenta nessa demo 4 músicas próprias e uma intro. O estilo é baseado no Black Metal que varia do mais brutal, com influências de Death Metal, ao mais denso com menos velocidade, porém com um clima característico do estilo que se propõem a fazer. Depois de uma excelente intro de 2 minutos e meio, a primeira música é Miserable People, que começa avassaladora mostrando que a banda tem muito potencial, com grande destaque para a excelente técnica do baterista e o agressivo vocal, que tem um repertório de timbres muito bons variando do gutural ao rasgado, que é a sua preferência. Logo após vem a excelente e altamente marcante Satanic Overkill, cujo riff principal é do tipo que fica na cabeça por um bom tempo, e além de ser a mais brutal da demo pra mim ela foi a melhor das quatro músicas apresentadas, extremamente criativa e agressiva, mostrando muita variação de ritmo e uma pegada violentíssima, típica música que faz o público destruir com tudo na frente do palco. Em seguida a Blasphemies in Name of My Black God começa devastadora, destruindo tudo, com uma excelente técnica na caixa da bateria e um vocal agressivo e rasgado, que em algumas partes muda para um bom gutural, além de ser muito bem construída desmonstrando muita variação de ritmos, algo que faz parte da característica da Misdeed. A última faixa da demo é a Devil’s Mouth, mais diferente das demais músicas, essa é a mais longa do CD e também a mais lenta, criando um clima muito pesado, do tipo que faz a gente bater cabeça conforme o ritmo. Ainda assim a banda continua mostrando muita criatividade em constantes variações de ritmos, que seguem numa crescente em termos de velocidade finalizando a música com muita brutalidade. A Misdeed é uma grande revelação do Black Metal nacional, mostrando muita qualidade nessa demo, cuja a produção sonora está acima da média para o tipo de lançamento que fizeram, onde poderia muito bem ser comparada com full lenghts profissionais do estilo. O lado negativo fica por conta da pobre produção gráfica para esse material, sendo que a capa é toda preta apenas com o logo da banda e mais o nome da demo, o que é uma pena pois esse material ficou tão bom que merecia sair em Pro-CDR por algum selo de respeito na cena Underground.
Sbado, 19 de Setembro de 2009
Por: Carrascu
Divulgue!
Mais sobre
Resenha curta:
1 MP3 online:

Envie seu comentário sobre essa matéria!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros