Banda/Artista: Neuro-visceral Exhumation
Título: The Human Society Wants More Gore
Lançamento: Sonic Death Records
Ano: 2005
Site oficial:
Resenha por Carrascu
Publicada no dia 23/09/2005
Nota: 9,0
Depois do ótimo debut-cd "Mass Murder Festival" lançado em 2003, a banda paulista Neuro-Visceral Exhumation se projetou muito bem no cenário Splatter/Gore mundial. Agora a banda ataca com esse novo trampo gravado no estúdio Sótom em fevereiro de 2003 e exatos dois anos depois lançado pela gravadora Sonic Death. O atraso se deve principalmente ao erro de prensagem do CD, que vinha com a faixa 7 detonada.
O trampo gráfico é excelente, a capa realmente é muito bem feita, em tons de cinza e vermelho apenas, mostra uma mulher crucificada em frente a muitos corpos e caveiras, trampo muito bem feito por Gilberto Watanabe. O formato do CD vem em Digipack, aquela caixinha toda revestida de papel grosso e apenas a parte onde se encaixa o CD é de acrílico. Um trampo muito bem feito, porém Digipack tem seu lado ruim, que é a parte do acrílico ser muito frágil, quase sempre esse suporte descola do revestimento, como aconteceu com o meu.
O Cd começa com a música "Hang'Em on Their Own Guts" e já demonstra de cara a que veio a banda. Um Splatter/Gore de fuder com tudo, começando bem numa "levada splatter" e logo já detona com uma bateria muito rápida e precisa, sem perder o pique, com guitarra e baixo muito distorcidos e graves, mas não embolando a música, num volume ideal sem prejudicar a bateria e o vocal, que intercala entre momentos de gutural arrastado e berros rasgados, com muita agressividade. A gravação está ótima, se ouve tudo. A bateria, como é de costume em certas bandas deixar alta demais ou muito desaparecida, está num tom certo, mostrando logo de cara que esse CD está muito bem mixado e masterizado.
A próxima é a "Sinister Traces of Violence" que começa dilacerando os ouvidos, a música é extremamente rápida e a bateria não é retona, varia muito por cima de rifs quase sempre retos e bastante repetitivos, porém são de ótima composição. Aqui nessa música Fred destrói com tudo, mostrando muita criatividade na bateria sem perder o peso e fazendo da música uma verdadeira destruidora de tímpanos.
"Homicide is on my Side" é a próxima porradaria que não perde o pique, é extrema violencia e podridão sonora, assim como a próxima música que é a faixa título. "The Human Society Wants More Gore" começa mais lentona, numa levada, porém não demora muito para Fred começar a disparar na bateria um verdadeiro caos sonoro e voltando a intercalar com momentos mais lentos, de extremo peso. A "From Eva Comes my Obssession" segue sem perder o ritmo, veloz e agressiva, como as demais músicas da banda. A sexta faixa é um cover da música "Profanation" do Incantation, que ficou mais uma versão podre da música do que um cover exato da mesma, ficou muito bom e interessante. A sétima já mostra a diferença entre uma versão mais gore de uma música Death Metal para um Splatter/Gore de qualidade como faz a Neuro-Visceral Exhumation. "Hatred-Bloodbath and Hecatombe" começa bem calma, com muito peso, mas não demora nem um minuto pra descambar uma metralhadora destruidora de tímpanos e uma guitarra dilacerante, de ótima escolha de timbre e distorção, tornando a música muito podre sem embolar nada, rifs compreensíveis e ao mesmo tempo toscos e sujos. Marcos além de ter gravado a guitarra também fez o baixo nesse CD, porém nas faixas 6, 7, 10, 11 e 15 foram gravadas pelo John, ex-vocal da banda. "Hatefilled Atrocities" segue a linha das anteriores assim como a nona faixa "Hit Me With Dead Flesh" que começa com uma intro, depois mostra só o baixo, que tem um timbre e peso muito distorcido, mostrando aí o porque do som sair tão podre e sujo, mas como a escolha dos timbre, tanto da guitarra quanto do baixo, estão ótimos, o som ainda sai compreensível, sem perder a nojeira sonora que a banda faz. A Neuro-Visceral Exhumation se superou nesse CD, fez um puta trabalho sonoro e gráfico, coisa de primeira mesmo. As músicas são altamente violentas e anti-sociais, pra quem curte um som podre e sujo, com muita destruição e peso, porém com muita qualidade, não pode perder de sacar o som desses caras. A décima quinta música do CD é um cover, ao estilo Neuro-Visceral Exhumation de fazer barulho, da música "Helga (Lost Her Fuckin' Head)" do Repulsion. Depois desse cover muito bem executado, vem a última música, "Washed in Recto-Visceral Secretions in A Collective Carnage Post Intercourse" não é diferente das demais, é mais um exemplo de agressividade e sujeira que a Neuro-Visceral Exhumation demonstra saber fazer muito bem, deixando novamente mais um trabalho excepcional para os apreciadores desse estilo.
Com certeza o "The Human Society Wants More Gore" é um dos melhores CD's Splatter/Gore nacional já lançado, e vem conquistando cada vez mais o seu merecido espaço no cenário mundial.
Pra quem curte um Dead Infection ou Squash Bowels, por exemplo, não pode deixar de ouvir o "The Human Society Wants More Gore" dessa fudidaça banda de Splatter/Gore, que gravou um puta álbum e deixa quem ouviu esse CD e o debut da banda, na expectativa pelo terceiro petardo! Nunca tive a oportunidade de ver essa banda ao vivo, irei ter agora no Splatter Night IX em Novembro, mas acredito que deve ser uma verdadeira carnificina descontrolada.
Tracklist:
  1. Hang'Em on Their Own Guts
  2. Sinister Traces of Violence
  3. Homicide is on my Side
  4. The Human Society Wants More Gore
  5. From Eva Comes my Obssession
  6. Profanation (Cover do Incantation)
  7. Hatred-Bloodbath and Hecatombe
  8. Hatefilled Atrocities
  9. Hit Me With Dead Flesh
  10. Stabbing Cranial Tumours
  11. Fisically Humiliated
  12. Handsaw Rectal Abortion
  13. Insanity by Female Anatomy
  14. Unfinishing Bleeding
  15. Helga (Lost Her Fuckin' Head) (Cover do Repulsion)
  16. Washed in Recto-Visceral Secretions in a Collective Carnage Post Intercourse
Compartilhar

Envie seu comentário sobre essa notícia!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros