Banda/Artista: Infernal
Título: Rehearsal Vídeo
Lançamento: Independente
Ano: 2007
Resenha por Filipi
Publicada no dia 07/09/2007
Infernal vindo de Curitiba é bem conhecida no cenário nacional com seu Death Metal Blasfêmico e também não só por estar a 20 anos na estrada, mas também por estar sempre presente no sentido de lançar sempre algum material novo. A banda teve vários integrantes de importantes bandas do metal curitibano e o que mais chama atenção é a uso de um Tuono Violino ao invés do uso tradicional de uma guitarra. A formação atual conta com os integrantes Marcelo (vocal), Danilo (tuono violino), Covero (baixo) e Edi (bateria). No final do primeiro semestre de 2007 foi lançado o álbum Rehearsal Vídeo, material independente que contém 6 faixas e um bônus DVD que possui 3 musicas do CD em forma de ensaio-clip.

A primeira faixa Entrails Invaded possui uma pequena introdução voltada com o violino, que realmente se você não soubesse que se tratava de um, não iria perceber, a não ser pelo os leves toques que a música apresenta no início. Melancólico o começo, é um efeito bem estranho desenvolvido pelo o instrumento que é acompanhado com uma pequena marcha da bateria. O peso inicia aos 36 segundos com uma pegada leve de bumbo duplo e mais efeitos por parte do violino. Vocal de Marcelo está mesclado entre gutural e um rasgado, seria perceptível que é simultâneo. Aos 1:50 inicia um bate estaca não veloz, mas bem marcado e separado com marcações adiante para um solo do violino que dura 15 segundos. É realmente imperceptível que se trata de um violino com captadores. Neste instante da música o baixo com captação ativa (ou uso de pedal equalizador) está bem estalado, dando uma encorporada no som, tanto que no final da música um wah-wah é percebido também no baixo.

Sin Inside Me inicia com um riff mais arrastado seguido da marcação do bumbo e um solo com bastante delay. Aos 38 segundos começa a cavalgada seguinda de efeitos flangers na música e baixo com captação ativa muito bem encorporado. Aos 1:17 o vocal fala algumas vezes o refrão que leva o nome da música, com um bate-estaca mais rápido. A música possui aquela pegada de cavalgada agressiva seguida de bumbos competentes.

License to Kill lembra muito mesmo os Deicide bem antigos. Muito interessante é o timbre do violino tuono aos 17 segundos, é um som bem diferenciado. A música de alterna entre bate estacas, alternados e cavalgadas. Nesta também você nota a aplicação mais técnica de pratos. No trecho de 1:48 aos 2:00, onde o baterista faz algumas batidas com o bumbo duplo ele fica meio sumido, mas somente nesta parte.

A quarta faixa Fireworks in Hell possui semelhança com as outras em relação aos efeitos flanger e o baixo bem destacado. Entre esses efeitos nota-se que o tuono parte de parte mais grave e suavemente apresenta algumas notas agudas. Solo aos 1:50 abrange novamente o efeito flanger no final, que tem um término numa pequena pausa que volta para o início.

Metal in Blood é a música especial do CD, ela demonstra todo o felling e as características da banda. Muito peso de início e viradas muito bem feitas. Desta vez a corrida da música em relação aos riffs de baixo e tuono são bem mais rápidos. Os solos da música também são executados mais rápidos que os outros. Aos 1:47 entra uma parte muito interessante, neste você percebe que não é uma guitarra, essa parte é bem macabra que dá a uma cavalgada muito pesada. O bumbo da bateria trabalha junto ao baixo, neste som exige mais do baterista, pois ele alia o bumbo duplo com os bate estacas. Metal In Blood é a música mais pesada do CD em questões de execução dos instrumentos.

The House fecha o CD, iniciando com uma marcha bem rápida na caixa de bateria. O interessante é a marcação do tempo, com velocidade do bumbo aliada com o tuono. Inicia-se o peso, depois de poucos segundos viradas técnicas de bateria. A música possui muitas cavalgadas e novamente se encontra presente o flanger, no início, mas o final se destaca mais com efeito do Tuono.

Tracklist:

1. Entrails Invaded  
2. Sin Inside Me  
3. License to Kill  
4. Fireworks in Red  
5. Metal In Blood  
6. The House

Compartilhar

Envie seu comentário sobre essa notícia!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros