Banda/Artista: Ungodly
Título: Ungodly
Lançamento: Dynamo Brazilie Records
Ano: 2006
Contatos: Rua da Grécia, nº. 08 - 10º andar ed. Serra da Raiz
Comércio - Salvador - BA - 40.010-010
Telefones: +(55) (71) 9967-7987

E-mails:
Daniel Oliveira: daniel@ungodly.com.br
Jaime Amorim (acessoria de imprensa): jaime@metalvox.com.br
Resenha por Filipi
Publicada no dia 06/10/2006
A cena baiana já é conhecida como geradora de excelentes músicos do metal extremo, e Ungodly é uma delas, na estrada desde 2001 é visível a evolução musical do MCD Hate Celebration (2004) para o CD oficial que leva o próprio nome da banda Ungodly (2006). São membros Arnald Asmoodeeus (vocal), Daniel Oliveira (guitarra), Tony de Assis (guitarra) Joel Moncorvo (baixo) Thiago Nogueira (bateria).

No começo já podemos perceber a qualidade da produção com uma intro que conta mais ou menos o que será narrado no CD. Segunda faixa Ungodly já começa esbanjando técnicas que será retratada durante as outras que é uma bateria muito bem microfonada com toques que dão a característica da banda e nessa faixa nota-se uma aparição notável do baixo. O inglês é bem claro e ao longo podemos presenciar um Death/Black ou Death metal Blasfêmico como outros preferem citar, de muita qualidade e fortes características com partes do baixo que chamam atenção nesta musica. A terceira faixa LAID IN ASHES aborda um tema a critica a existência de 2000 anos do cristianismo onde o inicio é uma bateria com o tempo muito bem marcado e veloz alternando de inicio bumbo duplo/ caixa e finalizando a parte com a caixa/tons. De inicio a musica é rápida, mas depois ela tem uma pequena queda no ritmo deixando aos 42 segundos de musica podemos ver que os caras são grandes fans de Deicide. MURDERERS IN THE NAME OF GOD é musica do vídeo clipe, conta uma pequena história entre um Inquisidor e um herege, que mesmo sabendo das conseqüências não deixa de expor sua opinião sobre a Igreja, agredindo verbalmente o inquisidor. Essa letra é muito boa, tem criticas serias a igreja assassina e também assimila aos dias atuais com outras religiões ignorantes. POSSESSED BY THE LIE possui um refrão marcante com o nome da faixa, bateria de inicio meio tribal, mas a cavalgada da guitarra toma conta com marcação de tempo em algumas partes com entre o chimbal e outros pratos. DAMNED CREATION é mais curta em contra partida a mais violenta. THE BEAST WITHIN possui uma particularidade aos 2:24 possui um riff heavy metal, mas onde a bateria o torna agressivo com a mesma levada que você percebe no resto do CD, que é uma entrada com caixa rápida seguida de um bumbo de mesmo tempo acompanhado com os pratos, em seguida vem ela em tempo alternado caixa/bumbo. PESTILENCE OF THE LIMBO tem o teclado silenciado aos 19 segundos partindo para a mesma cavalgada característica da banda, sendo quebrada totalmente de ritmo aos 1:07 minutos onde entra um clima bem melancólico seguido de um violino, 1:38 cai o ritmo drasticamente lembrando um Doom Metal raiz com harmônicos de fundo. À parte de 1:07 aos 3:33 é que mais muda drasticamente no álbum lembrando outro gênero, mas muito bem trabalhado dando foco para a guitarra. Em seguida o baixo sem impressionar desde a segunda faixa tem um destaque novamente aos 4:21 com tapes bem tocados. A finalização do CD e da musica fica aos 5:18 até os 6:00, como se fosse no final do show ficou muito comprida, mas logo fica a voz da primeira faixa.

Arte Gráfica: A capa ficou muito boa com o Nazareno acorrentado só esperando ser carbonizado pela chama abaixo de sua mão. A expressão dele também mostra algo de dor e sofrimento, mas a boca lembra mais algo de raiva. Infelizmente não tive a oportunidade de ver como ficou o resto da arte por dentro e da estampa do CD, pois recebi uma promo CD.

Geral: A produção do CD chama muita atenção, dá para perceber como em alguns comentários que realmente uma bateria bem gravada faz muito a diferença em um álbum. O Ungodly tem características pessoais investidas em baterias rápidas e riff cavalgados e violentos, a equalização da bateria junto com alguns elementos implementados que dá características fortes a banda. É um Death/Black muito bem executado e de claro inglês. Existem muitas bandas boas no cenário e sem duvida seja como foi feito esse CD, o trabalho final está de ótimo nível.
Tracklist:
  1. The Ungodly Prayer
  2. Ungodly
  3. Laid in Ashes
  4. Murderers in the name of God
  5. Perpetuating the Truth
  6. Possessed by the Lie
  7. Hate Celebration
  8. Damned Creation
  9. The Beast Within
  10. Pestilince of the Limbo
Compartilhar

Envie seu comentário sobre essa notícia!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros