Banda/Artista: Expulser
Título: Haeresis
Lançamento: Desse Jeito Recs.
Ano: 2006
Resenha por Carrascu
Publicada no dia 21/06/2006
Nota: 9,0
Expulser já é uma banda bem conhecida no cenário nacional, pois começou suas atividades em 1989 e lançou o clássico bem difundido "The Unholy Ones" em 1992 pela Cogumelo Records, o que despontou a banda no nosso underground com muitos méritos! Agora o Expulser ataca com o excelente "Haeresis" que possui um trabalho gráfico de primeira linha! A capa, como pode ser visto acima, é muito bem feita e o encarte com 6 páginas conta com todas as letras das músicas que constitui o CD, mais os créditos, informações e agradecimentos.
O CD conta com 11 músicas, começando com a "The Enchanter" que mostra todo o poderio da banda num Death/Thrash muito bem trampado, linhas de guitarra agressivas, bateria avassaladora com vocais urrados por cima de toda essa destruição. O Expulser investiu bem na produção do CD, pois a qualidade de gravação dele está de alto nível, se ouve tudo, a bateria está muito bem gravada e os timbres de guitarra bem escolhidos, combinando perfeitamente com o som da banda. As músicas são de extrema violência, sempre com as guitarras bem definidas e um acompanhamento de bateria excelente, cheio de partes quebradas intercalando com "bate-estacas" de um bumbo só. A música "Blind God's Seed" é um expetáculo, começa quietinha com quem não quer nada e logo mostra toda sua brutalidade e técnica, que a Expulser tem de sobra! Algumas músicas possui umas partes lentas, com bastante peso, mas em sua maioria são uma combinação de velocidade com rifes ultra-agressivos e pesados, e se intercalam com variações de ritmos e quebra de padrão. Os solos não são enjoados, pelo contrário são bem encaixados e não deixam a música mais lenta ou técnica demais. Os backing vocals não aparecem muito, só prestando bastante atenção pois se escondem atrás do vocal principal, que é urrado e próximo ao gutural. Um resumo bom sobre o Expulser é o fato da banda trazer as raízes do tradicional Death/Thrash com a excelente qualidade de gravação de hoje em dia, sem perder peso nem agressividade, é um ótimo exemplo de como se fazer Death/Thrash sem cair na moda de hoje em dia!
Vai ser difícil eu destacar algumas músicas pois são todas excelentes, mas como eu não sou muito fã de partes onde só existem solos sem bateria nem vocal, com guitarra limpa sem distorção nem peso, a música "Dismembering God" tem cerca de 1 minuto e 30 segundos de introdução muito chata, onde permanece por todo esse tempo sem bateria nem nada, só uma guitarra com distorção bem "diferente", mas os outros 5 minutos e 36 segundos de som quebra tudo como eles vinham fazendo até então!
A música "Blessed Angels" é instrumental e mostra que os caras manjam pra caralho do que fazem, muita técnica e agressividade, eles esbanjam nessa música. Não entendi porque ela foi instrumental, tem partes que dá para encaixar uns vocais tranquilamente, muito estranho isso, mas não tira nem um pouco os méritos da música, que tem partes muito pesadas e outras muito velozes.
Uma parte negativa ao meu ver nesse CD foi a música "The Pages" onde o início dela é toda lenta, esbanjando demais a técnica da banda, o que estraga muito a música quando se esquece da agressividade e velocidade como eles vinham fazendo até então, mas no meio da mesma a banda volta a fazer o que sabe de melhor. Tanto nessa música como em algumas outras, é notável uma influência de Black Metal da banda.
Pra quem gosta de intros a faixa 8 é feita só com violão e guitarra sem distorção, o nome da música é "Innocent Blood" e tem 2 minutos e 20 segundos, com isso não dá pra dizer que o CD todo é brutal e agressivo... existe essa música!
E o CD se completa com as músicas "Blood in Ecstasy", "Testimony", que são duas pauladas bem ao estilo Expulser de fazer, e a música "Haeresis" que é instrumental e conta com pianos, percussão, vários efeitos e algumas partes de guitarra com distorção num total de 11 minutos de som.
O Expulser realmente detonou na produção desse CD, mostrando que é uma das melhores bandas de Death/Thrash brasileira da atualidade e que por ser uma banda clássica da nossa cena, tem muito a ensinar pra quem gosta desse estilo. Eu acho que todos que valorizam nossa cena, comprando CD's de bandas nacionais e procurando conhecer nossas bandas, tem a obrigação de ter esse CD em casa! Os caras merecem!
Tracklist:
  1. The Enchanter
  2. Blind God's Seed
  3. Evocate (In Revenge)
  4. Nevermore
  5. Dismembering God
  6. Blessed Angels
  7. The Pages
  8. Innocent Blood
  9. Blood in Ecstasy
  10. Testimony
  11. Haeresis
Compartilhar

Envie seu comentário sobre essa notícia!

Nome:
E-mail:
Texto:
=

Parceiros